~notícias fresquinhas

~ Propostas CRIATIVAS para ...

~ Posters dos grupos para a...

~ trabalhos finais dos alun...

~ Colóquio do grupo de Econ...

~ Acessibilidades

~ Grupo de Economia e Inova...

~ Assembleia Jovem de Silve...

~ Relatórios de Março de 20...

~ Relatórios de Fevereiro d...

~ Agenda Cultural de Abril

~sótão

~ Junho 2008

~ Maio 2008

~ Abril 2008

~ Março 2008

~ Fevereiro 2008

~ Janeiro 2008

~ Dezembro 2007

~ Novembro 2007

~ Outubro 2007

~o que procuras?

 

~quantas visitas já temos?

Legally blonde tickets

~cidades criativas

~Sabias que...

...o nosso concelho tem cerca de 34000 habitantes e é o maior em área do Algarve?

~Conclusão:

há muito espaço em branco e dificuldade em preenchê-lo... para bom entendedor....

~visita o site da C.M.S.

Município de Silves

~visita o site da nossa escola!

Escola Secundária de Silves

~as nossas freguesias

Alcantarilha Armação de Pêra Tunes S.B. Messines Algoz S. Marcos da Serra Silves Pêra
E por aqui ouve-se: Rodrigo Leão - As Cidades

~tags

~ todas as tags

~Tagarelices... Deixa já a tua!


free polls Como classifica o conteúdo deste blog?
[Muito mau]
[Mau]
[Razoável]
[Bom]
[Muito Bom]

Quarta-feira, 14 de Novembro de 2007

[أل]

           Gatafunhos? Naaa... é só a expressão em árabe que traduz um simpático “Olá!”

 

Silves. Terra de Batalhas. Terra de Glória. Terra de Derrotas. Terra de Passado. Terra de Presente. Terra de Futuro.

 

Silves. Aqui nós vivemos e passamos grande parte do nosso dia. Aqui estudamos, aprendemos. Aqui crescemos, não só em tamanho, mas principalmente como pessoas.

        Todos os dias esta cidade nos ensina alguma coisa. Todos os dias nos visitam aqueles que desejam descobrir mais acerca das relíquias histórico-culturais que conservamos... (E não são nada poucas!).

            Por aqui passaram árabes e muçulmanos. E agora aqui estamos nós, portugueses... A desenvolver um projecto que valoriza a nossa cidade pelo que é, pelo que foi, pelo que será.

       

        Silves é terra da Quasida.

Quasida é a designação em latim para a poesia árabe clássica, aquela cantada por muitos poetas no tempo em que a nossa cidade ainda era um bebé de colo, que viria a crescer, criando-se naquela que actualmente nos acolhe.

Ora...cinco séculos de soberania árabe não poderiam deixar de se traduzir numa profunda influência no génio lírico dos portugueses, e particularmente de Silves, de tal modo que ao passar por um campo de cultivo ou pelo mercado, qualquer pessoa citava lírica com muita facilidade, é parte da nossa cultura, parte da história da nossa cidade.

 

Al-Mu'tamid, nosso antigo patrão, gostava da nossa terra como ninguém. Era rei e poeta... aliás... o maior poeta luso-árabe. Cuidou de Silves. Escreveu para Silves Nasib’s, ou seja, canções de saudade do lugar amado em relação à pessoa amada.

Para nós, Silvenses, e para a escrava por quem estava apaixonado... ele escreveu... na solidão do deserto, num tempo de guerra e ansiedade:

 

"يحيّي هو, ل ي, أبو [بكر],

الأماكن عزيزة من أنت يهسّون

ويقولني إن من هم الحنين للوطن

يكون هكذا عظيمة [هوو موش] منجم لغم… "

 

Não percebes? Pois... Nós também não percebíamos...! Só depois descobrimos o que queria dizer... Realmente, é bonito..!

 

"Saúda, por mim, Abu Bakr,
Os queridos lugares de Silves
E diz-me se deles a saudade
É tão grande quanto a minha..."

 

Certamente Abu Bakr, como amigo que era de Al-Mu'tamid, saudou Silves tal como este lhe pedira... mas... caso ele se tenha esquecido... Saudamos nós agora... esta terra onde grandes gentes teceram linhas de ouro que a moldaram... e grandes gentes tecerão linhas de futuro que, por certo, apaixonarão..!

  

bienal_silves-101

estamos:
e apetece-nos ouvir: qualquer coisa menos a música do blog
tags: ,
genialmente escrito por CriaXelb às 22:18
| a tua opinião faz a diferença! comenta! | adiciona-nos como favorito!